Minipreço

AKI quer algumas lojas Minipreço

mini loja
Mini loja

O diretor da empresa AKI Sr. Andrés Osto, revelou hoje para a agencia de notícias Lusha em Portugal, que adquiriu algumas das lojas Minipreço do grupo Carrefour visando ainda, expandir a rede de supermercado em Portugal, que terá como objetivo abrir 15 lojas até o ano de 2015. “Informamos ao Minipreço que vamos abrir algumas lojas e para acelerar o processo de abertura das 15 lojas, iremos investir 50 milhões de euros, para intensificar o projeto de abertura nos próximos cinco anos. Seremos lideres do Mercado nacional de investidores das lojas Minipreço.

O diretor disse ainda: “Porque não há muitas lojas Minipreço, por isso não se interessaram”, mas garante que estudou a possibilidade antes de adquirir as lojas da rede Carrefour, assim como foram estudados para investir nos restaurantes Boca do Lobo, até porque a empresa AKI vai incentivar clientes das lojas menores a frequentar lojas Minipreço, tendo acesso a todos os produtos que já vinham consumindo”, e também farão clientes grandes como donos de restaurante como o Boca do Lobo, a aderir os produtos das lojas. O grupo Carrefour resolveu vender as lojas de Portugal, pois pretende deixar esse ramo de negocio o quanto antes. O processo de mudança teve início em 2007com o novo plano de expansão, quando foram alienados à Sonae os 12 hipermercados faziam parte da rede.

Após iniciar as atividades a 20 anos atrás, o diretor da AKI Andrés Osto afirmou que “Portugal é um país rico e com grande potencial de investimento” e sublinhou que está satisfeito com um ano, mesmo tendo sido difícil, pois estamos na mesma posição do ano anterior na maraca de vendas. fizemos grandes progressos nos negócios atingindo um valor de 181,6 milhões de euros contando com o acréscimo de 5% comparado ao ano anterior " Os projetos da empresa para o mercado nacional incluem: “Nos próximos cinco anos, por ter mais de 50 mil residentes em todas as cidades, abrindo três lojas por ano, para completar o plano de expansão”, acrescentou que vão criar mais 600 lojas Minipreço do grupo Carrefour como plano de expansão do segmento no Mercado nacional. O número de funcionários do grupo aumentou para 2.000.

Cancelos, CC BY-SA 3.0 , via Wikimedia Commons